IFRN: a Terra ! a Vida! o Clima!

AGRADECIMENTO

A proósito do tempo de celebrar a Terra, a Vida e o Clima nunca é demais agradecer o convite que eu recebi para participar do I Congresso Nacional do Meio Ambiente, realizado pelo Instituto Federal, Campus Ceará Mirim/RN. 

Crédito: IFRN

Aqui, resgistro a minha gratidão ao Prof. Dr. Jorge dos Santos Lima, coordenador do Congresso que contou com apresentações culturais, trilhas, mutirão de limpeza da praia de Jacumã/RN, conferências e lançamento de livros. Na ocasião, o IFRN homenageou o Artista Ivo Maia. Entre os/as convidados/as, o evento contou com a presença de Daniel Munduruku, Ceiça Almeida, Conceição Amorim e José Glebson, entre outros. Nessa perspectiva, compartilho o certificado da minha participação nesse importante evento.

Saudações indígenas,

Graça Graúna (povo potiguara/RN)

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE

Campus Ceará-Mirim – Código INEP: 24085375
BR-406, Km 145, S/N, Planalto, CEP 59570-000, Ceará-Mirim (RN) CNPJ: 10.877.412/0019-97 – Telefone: (84)4005-4113

DECLARAÇÃO DE PARTICIPAÇÃO
NO CONGRESSO NACIONAL DE MEIO AMBIENTE DE CEARÁ-MIRIM 2022

Declaramos para os devidos fins, que Graça Graúna participou como conferencista no CONGRESSO NACIONAL DE MEIO AMBIENTE DE CEARÁ-MIRIM, na Categoria Encontros, Conferências e Sarau, totalizando a carga horária de 04h, no dia 01 de junho de 2022.

Atividade:

 Mulheres e Ancestralidade. – Conferência com Graça Graúna, Mayriane, Conceição Amorim. Logo após segue o Teatro MARAKATU com Meg e Gerson- Boca.da.Mata: Culturas Cabocas. (Público: Comunidade em geral. Local: Auditório/IFRN – atividade híbrida com participação remota de Graça Grauna).

Por ser a expressão da verdade, firmo a presente declaração para que surta seus efeitos legais.

Ceará-Mirim, RN, 21 de julho 2022.

Dr. Jorge dos Santos Lima
Coordenador Geral do Congresso Nacional de Meio Ambiente de Ceará-Mirim, RN

19 de abril: dia da resistência indígena

Fonte: Ciclo Vivo

Em dezembro de 2021, a Comissão de Constituição e Justiça da Câmara dos Deputados aprovou projeto de lei que altera o nome do “Dia do Índio” (cf. Decreto-Lei 5540/43), celebrado em 19 de abril, para “Dia da Resistência dos Povos Indígenas”. A proposta é de autoria da deputada indígena Joênia Wapichana.

Na opinião da autora do projeto “a intenção ao renomear a data é ressaltar, de forma simbólica, não o valor do indivíduo estigmatizado ‘índio’, mas o valor dos povos indígenas para a sociedade brasileira. O propósito é reconhecer o direito desses povos de, mantendo e fortalecendo suas identidades, línguas e religiões, assumir tanto o controle de suas próprias instituições e formas de vida quanto de seu desenvolvimento econômico”, afirmou a deputada à Agência Câmara de Notícias.

Segundo a Câmara de Notícias, essas reflexões mostram a necessidade de um olhar mais atento e acolhedor em torno da diversidade cultural no país. O Projeto de Lei 5466/19 foi aprovado na forma do substitutivo da Comissão de Cultura, no sentido de nomear a data para “Dia da Resistência dos Povos Indígenas”. 

Fonte: Agência Câmara de Notícias, Ciclo Vivo e Apib

Resumo da notícia: Graça Graúna