The Cafe Terrace, Van Gogh
A sensação de quem vive ou está só
pode ser comparada a uma pedra
que emerge da escuridão da terra
qual diamante que brilha feito sol.
A solidão é dádiva da vida
é meta suprema, dá força ao ser
embora não seja para todos
a solidão faz parte do crescer
ainda que da prisão a luz sufoque
e as chagas do tempo libertem o ser
a resistência desabrocha enfim
e ao perceber o reflexo da clausura
é acolhendo o interior da pedra
que se compõe a leveza do ser
Graça Graúna, Nordeste do Brasil, 22 de maio de 2009
NOTA: poema publicado no Overmundo.

14 comentários sobre “Dádiva

  1. Para ilustrar o poema \”Dádiva\”, escolhi essa tela de Vang Gogh por múltiplas razões, entre elas: o café, enquanto lugar, possibilita a associação entre acontecimentos da vida pública e privada; é um lugar que revela o entrecruzamento de memórias. Tenho impressão que num lugar assim, Van Gohg pintou a sua solidão entremeada de profundas histórias que ele escutou pela vida.

    Curtir

  2. Meu querido Mestre Carlos Brandão: sou uma pessoa privilegiada em ter a oportunidade de receber seus comentarios ao meus escritos e como se não bastasse tenho o seu afeto e o de Sônia; vocês são um tesouro. Grata, mais uma vez, pela atenção.

    Curtir

  3. E nasce o pema dessa tensão, né Graça?. dessas pedras se brilham na solidão. o poema/pedra se fecha qdo se abre pra nós leitores. E nisso vc é mestra pra traduzir esses choques entre os dentros e os foras;))saudades da lindesa.

    Curtir

  4. CD – Diviníssima Cristura, Bea, irmã de luta: tuas impressões acerca dos meus escrito só vem aumentar ainda mais a minha responsabilidade. Menina, olha só o que você diz…ôxi….quisera eu poder traduzir os falares da pedras. Minha linda, fica com Ñanderu. Bjos, Grauninha

    Curtir

  5. nossos corpos- vasos das mesmas mãosveneram opostos- hóstias hostisPriscila, poetamiga: estou aqui pra dizer que gostei da sua visita em meu blog e dizer também que a tua poesia começa a fazer parte das coisas que amo. Paz em Ñanderu (O Grande Criador do Universo, em guarani). Grauninha

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s