Nascer do Sol no Cerrado. Foto: Íris Cruz
Nada de novo e tudo de novo:
um raio de sol
toca os ombros da gente
aguçando a vontade de viver
Graça Graúna
Planalto Central do Brasil, 01.jan.2013
Nota: fiz estes versos, tão logo recebi do amigo Joe Brazuca um poema acerca do Ano Novo.

2 comentários sobre “Poema de Ano Novo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s